sexta-feira, 25 de julho de 2014

Tomoyo After ganhará Perfect Edition, Comyu tem sua tradução concluída pela Amaterasu


A Key é uma fábrica de maravilhas. Todos os seus principais jogos são dignos de serem chamados de obras-primas no universo de visual novels. Sim, eu disse TODOS. Não é por menos que é uma empresa tão renomada (arriscando um pouco, diria que é A mais renomada) do gênero, lado a lado com outros grandes nomes como Type-Moon (Tsukihime, Fate/Stay Night), Nitroplus (Saya no Uta, Zanmataisen Demonbane, Steins;Gate), 07th Expansion (Higurashi, Umineko, Higanbana, Rose Guns Days), Akabei Soft 2 (Sharin no Kuni, A Profile, G-Senjou no Maou) e Alice Soft (jogos da série Rance, Daibanchou).

Os fandiscs de seus jogos, no entanto, possuem reações bem mistas. Kud Wafter inicialmente havia pegado a personagem favorita de todo mundo de Little Busters!, jogou com uma outra loli e fez um eroge disso tudo. Rewrite Harvest Festa pode ser all-ages e uma certa continuação do jogo original, mas tem trocentas cenas de fanservice nas suas primeiras horas de jogatina. E teve Tomoyo After, que (*desvia das pedras*) pegou uma heroína meio sem sal pra fazer um jogo só dela. O produto final ficou legal e até tem uma boa história, mas quando a primeira meia hora de jogo é uma cena de sexo, sendo que o jogo original não tinha qualquer cena desse tipo, fica meio que na cara que o jogo foi mais feito pra dar lucro do que ser um fandisc decente. E sim, ainda tô esperando o dia em que a Key vai voltar atrás e fazer um jogo/OVA da Kotomi, porque não é justo a Kyou e Tomoyo terem as delas e ela não!


Enfim, opiniões pessoais de lado, a Key recentemente anunciou que lançará uma Perfect Edition do jogo original ainda neste ano, dia 29 de Setembro. Assim como você deve ter desconfiado quando, não muito tempo atrás, houve o lançamento de Perfect Edition para Little Busters!, o reboot comemorativo de 10 anos do lançamento original de Clannad tem tudo o que todos os reboots simples de VN têm: CGs redesenhadas e em resolução maiores, novas H-Scenes (!), full voice, mais labirintos do mini-game Dungeons & Takafumis e tudo de extra que a Memorial Edition tinha em relação ao jogo original (curioso, pois a ME do jogo era all-ages... e é a primeira vez que a Key faz um jogo originalmente 18+, depois muda pra all-ages e volta pra 18+ em outra versão... mas o contrário já aconteceu com Little Busters!).

Um dos motivos do jogo ter essa nova versão, fora os 10 anos do lançamento da franquia original, é o de que a versão original já teve sua produção encerrada, e a Memorial Edition, de 2010, não tem o mesmo conteúdo do jogo original (também foi na mesma época que a Key começou a relançar seus jogos para tirar as HCGs). Isso pra mim não é lá grandes motivos, mas ei, sempre têm os fãs fervorosos que vão comprar o jogo do mesmo jeito, ainda mais agora com a versão 2.0. O jogo não virá em Blu-Ray (o que já aconteceu num dos relançamentos de Kanon) e custará 4.800 ienes no Japão (uns R$105,00), com compatibilidade para Windows 7 e 8. E não, por enquanto não há nenhum plano para adaptar a tradução original do jogo nesta nova versão (e duvido que aconteça tão já, pois se uma coisa os meus anos de gamer me ensinou é que as chances da Key lançar o jogo na mesma engine que Angel Beats são grandes, e como é uma nova engine, vai demorar uns bons meses ou anos pra crackearem tudo).


Falando em tradução, chegou o patch de tradução para o inglês de uma visual novel cheia de história, batalhas eletrizantes, vilões overpower e.... e.... maids?
...
...
Ô, Jailson! Seu editor de merda, a imagem tá errada!!! Conserte isso PRA ONTEM!!!
...
...


Ah, agora sim! Como ia dizendo, a Amaterasu Translations, grupo de fan-translation bem famoso que já trabalhou em bons jogos como Cross+Channel, Rewrite e Muv-Luv Extra, finalmente completou sua tradução de Coμ (lê-se Comyu), visual novel da Akatsuki Works (bota coincidência nisso) que é bem conhecida pelos leitores ávidos de VN, citando (e algumas vezes quebrando) com vários clichês de típicos obras shounen e com uma narrativa extremamente envolvente onde nunca fica explícito o que é certo a se fazer ou quem está por trás de todas as bizarrices. É um jogo bem longo e tem uma arte simples, porém bem trabalhada e diversificada comparado com jogos do gênero. Se você está interessado, o patch já pode ser baixado na página de downloads do grupo.

Isso deixa este mês bem lotado no ramo de traduções para o inglês, e também marca o início das traduções do grupo para Rewrite Harvest Festa, algo que todos os jogadores da tradução original, lançada em 2013, já estavam atormentando o grupo. Isso que é Key Power pra vocês!


E aí, gostaram das notícias? Garanto então que a próxima postagem vai ser ainda melhor!
Out.

Um comentário:

  1. eu pude ler o manga de Tomoyo's After, apenas 4 capitulos, bem curtinho e condensado. pra variar me tirou, lagrimas. e n, n teve nenhumazinha cena de sexo, rs. recomendo demais o manga!

    ResponderExcluir