sexta-feira, 26 de julho de 2013

Não acha o Oculus Rift impressionante? Talvez um dating-sim interativo em realidade virtual te impressione, então!


Japão. Talvez mais conhecido como a terra dos extremos. Só lá que, ao mesmo tempo que vemos coisas avancadíssimas e super inovadoras como o menor (e mais barato) computador do mundo e a internet fibra óptica mais rápida do mundo que custa o que você paga pelo seu pacotão do Brasileirão da NET até as invenções e costumes mais bizarros do oriente (acho que não preciso falar nada, né). Visual novels não deixam de ser um traço bem peculiar da cultura japonesa, já que, ao mesmo tempo que temos os jogos bons que merecem ser jogados por todo mundo, temos os mais obscuros que chegam a amendrontar muitas almas deste planeta (ainda mais se for falar de anime).

E enquanto fábricas de dakimakuras e figures tentam captar esse público-alvo otaku, há algo que poderá revolucionar tudo até agora. Imagine se fosse possível criar um dating-sim totalmente interativo, com direito à realidade virtual e até mesmo com resposta de movimentos quando chega a "hora H"? Pois é o projeto da empresa KISS, que criou o jogo Custom Maid 3D, para PC, que basicamente permite o jogador criar a personagem que quiser, escolhendo dentre milhares (ou até milhões contando os DLCs) de possibilidades e combinações diferentes (até mesmo no comportamento da personagem, caso prefira desde a mais agressiva tsundere até a mais tímida dandere possível) e bater um papo rápido com ela antes de chegar no oba-oba, onde também tem várias posições diferentes para serem testadas. Quem já jogou Rapelay manja dos paranauê.

Só um aviso: o do meio não é um PS Move.
E qual a inovação? Bem, o jogo vem com um periférico wireless que você conecta no USB do seu computador e... bem... digamos que você interage com o jogo com isso (e, segundo a própria fabricante, em tese e configurando certinho, dá pra controlar qualquer jogo com o aparelho), com direito até a um botão "clímax", que já explica por si só o que significa.

Quer mais? A empresa lançou um patch que permite a compatibilidade do jogo com o Oculus Rift, o periférico que, na teoria, permite que seja executado qualquer jogo nele em realidade virtual, dando um nível imprescindível de imersão ao jogador. O patch para isso está em fase alpha (ou seja, apenas prova a funcionalidade e pode ocorrer vários bugs e imprevistos no decorrer do jogo usando essa função), mas caso você seja um dos poucos que têm o dispositivo em mãos e tenha um bom dinheiro pra gastar com a importação do jogo, ele está disponível para download no site oficial do jogo.

Bom, ainda falta um bom caminho para ser percorrido para que o sonho dos japoneses otakus lv 8000+ se realizem e eles finalmente possam criar a namorada virtual perfeita do jeito que eles querem, mas até lá, o Custom Maid 3D deve servir como um bom aperitivo devido a sua extensa costumização, que possibilita, como na primeira imagem da postagem, criar personagens com aparências quase idênticas aos de animes recentes e antigos.

O que achou do projeto da empresa? Ambicioso e lucrativo, ou simplesmente bizarro? Vai ouvindo essa música enquanto escreve um comentário pra gente! ^^


(acho que nunca me diverti tanto enquanto escrevia um post xDD)
Isso é tudo pessoal! Até a próxima! o/

Out.

3 comentários:

  1. Caraca nao sei se isso é bizarro ou se é o que kkkkkk só sei que o mundo vai acabar e nao vai demorar mano kkkkkk otimo post :)

    ResponderExcluir
  2. Pena que sempre demora para chegar no ocidente essas tecnologias mais avançadas hauahuuah =)

    ResponderExcluir